Animais De Companhia

Home Animais De Companhia

O TECSA laboratórios dispõe da mais moderna tecnologia em patologia clínica para animais de companhia e também para animais silvestres, contando com equipamentos de última geração tais como: bioquímica robotizada totalmente automatizada; contadores celulares de 18 parâmetros específicos para análise em veterinária, com mais de 50 espécies parametrizadas em memória; análises imunológicas e hormonais espécie-específicas, por eletroquimioluminescência, ELISA, ELFA, dentre outras.

As atividades técnicas estão dirigidas ao suporte especializado para clínicas, hospitais e consultórios veterinários, e também como apoio a Instituições, Empresas e Universidades que atuam no segmento.

Conectando você com o futuro da medicina veterinária, o TECSA Laboratórios utiliza tecnologia de última geração, com parâmetros espécie-específicos, automação interfaceada com o sistema de informática laboratorial.

Qualidade traduzida em bom atendimento, segurança, precisão e rapidez nos resultados, transparência e ética nas relações e sobretudo um grande respeito aos clientes é exatamente o caminho que o TECSA Laboratórios vem trilhando no apoio ao diagnóstico veterinário.

 

Formulário para Raiva

Download Requisição para Exame de Raiva

 

Links Relacionados

Diferenciais do Compromisso Qualidade Tecsa

Regulamentação para viajar com animais

Download Requisição Individual Exames Pet

Download Requisição múltipla de Exames Pet

Manual de Coletas Pet

 

Atualização TECSA Laboratórios para 2018

 

Protocolo de coleta para exame sorológico para raiva:

  MATERIAL: Soro ( > 1 ml) tubo tampa vermelha. Não pode estar hemolisado, lipêmico ou ictérico (em nenhum grau)

  ANIMAL: O animal tem de ter sido vacinado contra raiva no período superior a um mês e inferior a onze meses da vacina.

  TEMPO: Fazer o exame  três meses antes da viagem.

  JEJUM: 6 horas para coleta da amostra.

  ARMAZENAR: Armazenar o soro em geladeira.

  FORMULÁRIO: Preencher o questionário com os dados do animal. O veterinário requisitante deve assinar, carimbar e enviar para o TECSA.

  PRAZO DE ENTREGA: 10 a 15 dias

  VIAGEM: Atende ao padrão da União Européia.

 

Ao entrar em países da comunidade Europeia com cães, gatos e furões, com objetivo não comercial, é preciso atender as seguintes exigências:

a) Certificado veterinário uniforme da UE; emitido por médico veterinário credenciado, acompanhado de documentos comprobatórios, tais como carteira de vacinação. (Verificar com o Ministério da Agricultura, nos aeroportos internacionais geralmente tem um posto do Ministério);

b) O animal precisa estar identificado por um microchip (identificação eletrônica individual), inserido subcutaneamente, em conformidade com a norma ISO 11784 e com o anexo A da norma ISO 11785 (obrigatório a partir de 03/07/2012);  

c) Animais importados do Brasil devem ser submetidos a uma Detecção de Anticorpos Neutralizantes contra o vírus da raiva, pelo menos 30 dias depois da vacinação anti-rábica e três meses antes da viagem. O exame não precisa ser repetido se a proteção for mantida nos prazos previstos. Um médico veterinário precisa colher o sangue e enviá-lo para exame em um laboratório autorizado. O comprovante da análise sorológica precisa acompanhar a documentação;  

d) Podem ser importados no máximo 5 animais; caso contrário deverão ser aplicadas as normas para importação com caráter comercial.

(FONTE: Laboratório de Zoonoses do CCZ/SP) 

 


Leishmaniose Não

SAIBA COMO CUIDAR DO SEU CÃO
A+ A- 100%